A tragédia de Los Alfaques - 1978





Espanha, 11 de julho de 1978.
Um lugar tranquilo e um belo dia de sol para aproveitar a praia, centenas de famílias desfrutavam de suas férias no acampamento de Los Alfaques, despreocupadas de qualquer coisa, ninguém poderia imaginar o que estava por vir.
O acampamento estava lotado, famílias por todos os lados em seus carros e barracas. Crianças corriam por todos os lados.

Existem duas teorias a respeito do acidente:

1. Um caminhão-tanque carregando 25 toneladas de propileno liquefeito sai da refinaria Enpetrol em Tarragona para Alicante. O caminhão já estava sobrecarregado, a carga máxima era de 19 toneladas e não dispunha de nenhum sistema de proteção caso ocorresse algum acidente.
O motorista seguia pela rodovia N-340 evitando a autoestrada e obviamente o pedágio. Vale lembrar que é recomendado o uso da autoestrada para certas cargas, principalmente quando há substâncias perigosas, evitando a passagem por locais densamente povoados, mas infelizmente não era obrigatório e muitos preferem o mais "fácil".

A primeira teoria é que o motorista do caminhão-tanque perdeu o controle do veiculo, atravessou a pista e tombou, demolindo um parapeito e rompendo a parede de aço de 10 mm do tanque. Com a intensidade do acidente a parede do tanque rompeu e vazou uma grande quantidade de propileno líquido. Era um dia bem quente, o que ajudou o líquido vaporizar-se rapidamente, formando uma enorme nuvem de gás. O gás foi inflamado por uma fogueira(fogueira de um dos campistas) e aconteceu a terrível explosão.


2. A segunda teoria é que o tanque não aguentou a pressão, pois estava sobrecarregado, o tanque de aço rompeu e jogou o gás liquefeito para fora. Formou-se uma nuvem de gás e logo depois ocorreu a explosão. A Explosão foi tão forte que jogou partes do caminhão por centenas e centenas de metros.
O vento soprava do mar, por isso a nuvem de gás espalhou-se por 300 m na direção do vento, em dois minutos tudo estava coberto pelo gás, antes mesmo de acontecer a explosão.

No momento do acidente o parque tinha registradas 800 pessoas e centenas encontravam-se no raio da explosão. Uma bola de fogo cobriu em segundos a maior parte do acampamento, tudo no raio de 100 a 200 metros morreu instantaneamente. O motorista do caminhão e aproximadamente 140 campistas morreram imediatamente, antes de receber quaisquer cuidados médicos. A temperatura era altíssima, chegando a ferver a água da praia, para onde as pessoas tentavam fugir.



A tragédia durou aproximadamente 45 minutos, entre a explosão e a chegada do resgate. Os próprios sobreviventes socorreram os feridos em seus carros. Os feridos foram transportados para os hospitais de Barcelona, Madrid e Valência. Muitos pacientes morreram nos dias seguintes devido à gravidade das queimaduras. No total morreram 217 pessoas, muitos turistas alemães, belgas e franceses. Mais de 300 pessoas sofreram queimaduras gravíssimas e infelizmente vão carregar suas marcas pelo resto de suas vidas.

A gravidade das queimaduras tornou o trabalho dos especialistas muito difícil na identificação dos corpos. Em consequência do acidente criaram-se regulamentos mais rígidos em relação ao transporte de materiais perigosos. Também foram melhorados a segurança dos veículos através de novas normas de regulamentações e a obrigatoriedade de válvulas de alivio de pressão nos caminhões-tanques que transportam determinadas substâncias como gases liquefeitos inflamáveis. Infelizmente precisa acontecer certos acidentes para que as autoridades tomem certas precauções.



O parque de camping continua funcionando normalmente e no local foi criado um mural em memória das vítimas, com uma estrela e uma inscrição para cada vítima.

** Curiosidades aleatórias **

Hoje em dia são relatadas diversas aparições de fantasmas na área desde o infeliz acidente. Um caso famoso foi testemunhado por um homem num programa de televisão.

O filho do motorista naquele exato dia deveria acompanhar seu pai na viagem, felizmente isso não aconteceu, o que salvou a sua vida.




Fontes:
Imagens retiradas de: www.msimages.org/los-alfaques-disaster-1978
zonaderisco.blogspot.com
pt.wikipedia.org
www.lavanguardia.com