Mitologia: Anúbis








De acordo com a mitologia egípcia, Anúbis(Anupu ou Anpu) era o deus dos mortos, o principal responsável pelo embalsamento dos corpos, o guia das almas para o submundo ou o "pós-vida". O guardião das tumbas e o juiz dos mortos, frequentemente representado por um homem com uma cabeça de chacal, ou um chacal negro em posição de esfinge.
Acredita-se que o próprio deus Anúbis criou o embalsamento e que sempre acompanhava de perto o ritual de passagem dos mortos. Também tinha a fama de ser o protetor das pirâmides. Filho de Néftis (Deusa do deserto e da morte) e Osíris. Sua filha era Kebechet


Mais tarde, após Osíris ser morto por Seth em uma conspiração num banquete, Ísis e Néftis reúnem todos os pedaços esquartejados de Osíris e Anúbis decide trazê-lo de volta a vida, visto que tinha um conhecimento gigante sobre as práticas de mumificação e sobre o pós-vida. E assim foi criada a primeira múmia do Egito e do mundo.

Osíris que originalmente era um deus ligado a agricultura, após voltar "dos mortos", decide tomar posse das tarefas de Anúbis, deus da morte e do submundo.

Anúbis passa a se dedicar ao julgamento dos mortos e a guiá-los ao submundo, onde seriam julgados.
No mundo dos mortos ele era o Juiz que colocava o coração do morto na balança; se o coração pesasse mais que a pena da deusa Maat, deusa da justiça e da verdade, o morto era condenado a vagar pela eternidade e ser devorado pelo monstro Ammit, o devorador de mortos e pecadores. Mas se o coração fosse leve de "bondade", seria guiado por Anúbis ao pós-morte e lá encontraria Osíris. Os egípcios  acreditavam que  a consciência estava  no coração.


“Não  causei  sofrimento  aos  homens.  Não  empreguei  violência  com  meus  parentes.  Não  substitui  a  justiça  pela  injustiça.  Não  trabalhei  em meu  proveito  em  excesso.  Não  matei  e  não  mandei  matar.. Não  monopolizei  jamais os campos de cultivo...”

Os mitos são histórias baseadas em tradições antigas, passadas de geração em geração, lendas feitas para explicar a criação do universo, do mundo, de todos os fenômenos naturais, da nossa própria existência.

*Mitologia é o estudo dos mitos e lendas de uma cultura em particular, acreditadas como verdadeiras e que constituem um sistema religioso ou de crenças.