A última viagem em família de Terry Jo Duperrault






Vagou sozinha por dias e dias em um pequeno bote após sobreviver a uma tragedia.

Tudo aconteceu em 1961, quando o Dr.Arthur Duperrault, pai de Terry decidiu tirar férias com a família, fretou um barco chamado Bluebelle para que toda a família pudesse desfrutar de uma boa viagem para as Bahamas. Ficou certo que partiriam dia 8 de Novembro de 1961, Arthur Dupperault, Jean(sua esposa) e seus três filhos: Terry Jo(11 anos), Renee(7 anos) e Brian(14 anos).
O capitão do barco era Julian Harvey, ex-veterano da marinha, acompanhado de sua recente esposa, Mary Dene.
Família de Terry Jo.
Família de Terry Jo.

Inicialmente a viagem estava maravilhosa, como o planejado e todo mundo se dava bem.
Na quinta noite de viagem, Terry Jo foi acordada por gritos e batidas no convés acima da cabine onde dormia. Ela subiu para ver o que estava acontecendo e foi surpreendida pelos corpos no chão da cabine, junto  com uma faca ensanguentada.

Bote onde Terry Jo ficou,
Bote onde Terry Jo ficou
Harvey olhou na direção de Terry e a mandou ficar embaixo do convés.
Foi quando a garota percebeu que estava entrando água em sua cabine e correu para falar com Harvey novamente, perguntando se o barco estava afundando, ele respondeu que sim. Julian Harvey fugiu em um bote, deixando a garota sozinha para morrer na embarcação prestes a afundar, junto com os corpos.
Pouco tempo depois ela lembrou do bote salva-vidas, o único a bordo do barco, ela teve força suficiente para lançar o bote no mar e entrar nele assim que o barco começou afundar.






Terry vagou por dias sozinha no mar, sem água, sem comida, no sol durante todo o dia, teve alucinações e todo momento parecia ser o último.
Quando já estava perto da morte, foi avistada por um Navio cargueiro, Captain Theo, que a resgatou do mar. Terry acordou em um hospital no dia 12 de Novembro.
Navio cargueiro Captain Theo, que resgatou Terry Jo do mar
Navio cargueiro Captain Theo, que resgatou Terry Jo do mar

Terry Jo após ser encontrada.
Terry Jo após ser encontrada.

Harvey foi resgatado três dias antes em um bote junto com o corpo de Renee, na versão que ele deu aos investigadores da Guarda Costeira, disse que uma tempestade causou problemas no barco, abrindo o casco e rompendo tanques de combustíveis, o que teria começado um incêndio.
Disse que encontrou o corpo da criança flutuando na água e até tentou reanimá-lo. Pouco tempo depois Harvey ficou sabendo que Terry Jo havia sobrevivido, o que seria seu fim. Ele se hospedou em um hotel e tirou a própria vida com uma lâmina.
(Por culpa ou por saber que seria pego na mentira?)

A verdade atrás dessa tragédia toda seria que Julian Harvey já estava planejando assassinar a sua esposa, na ambição de receber sua apólice de seguro no valor de 20.000 dólares. Infelizmente o Dr.Duperrault presenciou a cena e teve que ser silenciado, assim como sua esposa e seus outros dois filhos.
Foi descoberto que Harvey já estava acostumado a brincar com a vida das pessoas em troca de dinheiro,que já foi casado seis vezes e que já havia matado outras pessoas nas mesmas circunstâncias. Chegando a receber grandes indenizações de seguro.



Fonte:
allthatsinteresting.com
www.paraoscuriosos.com
Wiki.